« A nossa riqueza cultural não reside apenas em Camões, Pessoa, Malhoa ou Manuel de Oliveira, mas também e sobretudo no povo e na sua forma simples de ser… Eramos pobres mas alegres ! »   As formas de trajar sempre tiveram uma importância vital na identificação das classes sociais, culturais e profissionais na população portuguesa. Outrora, […]